02 junho 2006

Já disse que a alma não é mais do que o corpo,
E disse que o corpo não é mais do que a alma,
E nada, nem Deus, é maior para uma pessoa do que ela própria,
E quem caminha duzentos metros sem amar caminha amortalhado para o
seu próprio funeral,
E eu ou tu que não possuímos um centavo podemos comprar o melhor que
a Terra contém,
E olhar com um só olho ou mostrar um feijão na sua vagem desconcerta a
aprendizagem de todos os tempos,
E não há ofício nem emprego em que um jovem não possa converter-se em
herói,
E não há delicado objecto que não possa servir de eixo às rodas do universo,
E digo a todos os homens e mulheres: Que a tua alma permaneça tranquila
e serena ante um milhão de universos.
...

Walt Whitman - Canto de mim mesmo (excerto do poema XLVIII)
Trad.de José Agostinho Baptista

1 comentário:

cristina disse...

Texto e foto...fabuloso...!
Beijinhos